sexta-feira, março 09, 2012

Cidade do RJ cumpre com parte de sua missão na Reforma Psiquiátrica!


Hoje a área Técnica de Saúde Mental da cidade do Rio de Janeiro comemora com todos os profissionais , usuários, familiares e gestores, a saída do último usuário, do município do Rio internado na clínica Dr. Eiras em Paracambi. Quermos agradecer a todos que contribuiram neste processo de fechamento da clínica, que iniciou em 2000 com a intervenção da gestão pública.

Conforme informações da colega Erika Pontes e Silva, "a Casa de Saúde Dr. Eiras de Paracambi foi criada em 1962, com capacidade para receber mais de  1.600 pacientes. Foi considerado o maior hospital psiquiátrico privado da América Latina . Inicialmente, recebia apenas os pacientes crônicos transferidos da Casa de Saúde Dr. Eiras de Botafogo (fechada na década passada).  Decerto, que terminou por receber varios pacientes advindos de instituições psiquiátricas públicas, pacientes considerados "crônicos",  "fim de linha", "sem possibilidades terapêuticas", etc."

Área Técnica de Sáude Mental do Município do RJ
 

 

12 comentários:

  1. Carlos Augusto de Araujo Jorge9 de março de 2012 17:16

    Não podemos pestanejar!!!
    Temos que permanecer atentos. De há muito que afirmo: O manicômio se regenera ccom a facilidade do rabo da lagertixa!!!

    ResponderExcluir
  2. Vc tem toda razão Carlos Augusto, vamos nos manter atentos para não reproduzirmos novos manicômios.

    ResponderExcluir
  3. Vocês que estão fechando os manicômios, tem que prestar muita atenção! Um paciente do Hospital Colônia de Rio Bonito, chamado de "Deíde", parece que o nome dele é "Adeidio", ou coisa parecida, foi transferido para outra instituição por não ter família e foi visto por diversas vezes, em Rio Bonito, mendigando, magro, mal trapilho e atacando as pessoas na rua. Ele é quem cuidava do meu irmão que é mudo-surdo e deficiente mental, pois a enfermagem não cuidava. Hoje, graças a Deus, meu irmão saiu de lá também, mas com a tíbia quebrada, pois disseram que um armário caiu sobre ele. Foi operado no Darcy Vargas e conseguimos transferi-lo aqui pro Rio. Ele está se recuperando da perna em uma clínica e depois virá pra casa.

    ResponderExcluir
  4. Atenção ao dobrar uma esquina
    Uma alegria, atenção menina
    Você vem, quantos anos você tem?
    Atenção, precisa ter olhos firmes
    Pra este sol, para esta escuridão
    Atenção
    Tudo é perigoso
    Tudo é divino maravilhoso
    Atenção para o refrão
    É preciso estar atento e forte
    Não temos tempo de temer a morte (2x)
    Atenção para a estrofe e pro refrão
    Pro palavrão, para a palavra de ordem
    Atenção para o samba exaltação
    Atenção
    Tudo é perigoso
    Tudo é divino maravilhoso
    Atenção para o refrão
    É preciso estar atento e forte
    Não temos tempo de temer a morte (2x)
    Atenção para as janelas no alto
    Atenção ao pisar o asfalto, o mangue
    Atenção para o sangue sobre o chão
    Atenção
    Tudo é perigoso
    Tudo é divino maravilhoso
    Atenção para o refrão
    É preciso estar atento e forte
    Divino Maravilhoso - Caetano Veloso

    Mariana Abreu Senra

    ResponderExcluir
  5. É necessário que cada vez mas tenhamos politicas publicas voltadas para Saúde Mental. Que esse processo de evolução não pare, avance cada vez mais.

    ResponderExcluir
  6. ATENÇÃO A POPULAÇÃO: O HOSPITAL NÃO FECHOU E AINDA EXISTE PACIENTES LÁ INCLUSIVE DO RIO DE JANEIRO É SÓ VERIFICAR

    ResponderExcluir
  7. COMO O HOSPITAL FECHOU, EU AINDA TRABALHO LÁ E EXISTEM PACIENTES INTERNOS INCLUSIVE DO RIO DE JANEIRO. PARACAMBI NÃO É VOCES SABEM O QUÊ

    ResponderExcluir
  8. A clínica fechou mesmo ou por enquanto saíram todos os pacientes do Rio?

    ResponderExcluir
  9. A informação colocada é em relação aos pacientes moradores da cidade do Rio de Janeiro! Retiramos na sexta TODOS os pacientes referidos para nossa cidade.
    Quanto ao fechamento da clínica, isso se dará provavelmente ainda este mês , uma vez que restam poucos usuários de outros minicípios.

    ResponderExcluir
  10. Até quando paracambi vai ficar como armário da saude mental do Rio e de outros Municipios

    ResponderExcluir
  11. Assumimos a gestão em 2009. Recebemos o mandado em julho de 2010, quando contávamos com 111 munícipes do Rio.
    Participamos de diversas audiências junto ao MPF e em todas entregamos planilhas nas quais constavam os nomes de nossos munícipes e a proposta de encaminhamento. Para tanto, foi feito um trabalho através de nossos supervisores junto aos pacientes para identificar o território de origem, a possibilidade de retorno familiar entre outras possibilidades de encaminhamento.
    Nesse momento foram se adequando os direcionamentos pois alguns não tinham, na verdade, relação com o Rio, tendo ficado de passagem, temporariamente na Febem, Funabem e por isso apareciam como de nosso município. Outros, q não eram nossos no início, tb migraram para cá, quando encontrávamos algum vínculo familiar. Outros, foram para a Casa de Passagem de Paracambi pelo vínculo maior com esse município e ausência total de vínculo com o Rio. Todos os casos foram apresentados e pactuados em audiências que contaram sempre com a presença de representantes do MS, da SM do Estado, da Secretaria Municipal e da Saúde Mental de Paracambi, além da área técnica de saúde mental do município do Rio de Janeiro.
    Deste modo, a relação de munícipes do Rio com o direcionamento proposto e o CAPS de referência, foi cumprida a risca e portanto, comemoramos!!
    Pilar Belmonte (coordenadora de Saúde Mental do município do RJ

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde! Gostaria de saber se o foi realmente fecghdo ou nao o (hospital) ou clicica DR EIRAS em BOTAFOGO? se realmente fechou, como poderia encontrar os dossies das pessoas que foram internadas la no ano de 1965, 1966??? Agradeço sinceramente pela informaçao! Wania

    ResponderExcluir

Comentários: