quarta-feira, novembro 30, 2011

FÓRUM SOBRE OS DETERMINANTES SOCIAIS DE SAÚDE DO JACAREZINHO

FÓRUM SOBRE OS DETERMINANTES SOCIAIS DE SAÚDE DO JACAREZINHO
Dia 06 de dezembro de 2011
TEATRO DINA SFAT - UNIVERSIDADE GAMA FILHO
CAMPUS PIEDADE
Rua Manoel Vitorino 543 Piedade

PROGRAMAÇÃO

9h00 – MESA DE ABERTURA  
Cláudia Nastari – Coordenadora de Saúde da AP 3.2
Conceição Monteiro – Coordenadora da 3ª CAS
Candida Fonseca da Silva – Representante da 3ª CRE
Coronel Linhares - Comandante do 3º BPM

Apresentação: Maria Angélica Souza – Presidente do Conselho Distrital da AP 3.2                                                                                                             

10h00 – MESA II
Viviane Castello Branco - SMSDC – “Repercussões da Conferência Mundial de Determinantes Sociais de Saúde”
Pedro Lima – SMSDC - "Determinantes Sociais, um Desafio na Construção da Saúde do Território"
Rodrigo Abel – SEASDH – “Projetos para Juventude”

Moderador: Edson Borga (CAP 3.2)

11h00 – MESA III
Fabio Tavares Oliveira – CSF Anthídio Dias – “A História da Comunidade do Jacarezinho”
Carolina Dorigo – CRJ Jacarezinho – “O Trabalho no Jacarezinho”
Daniel de Souza e Juliana Caramore – CAPS-ad Raul Seixas – “A Entrada e o Trabalho junto a Comunidade”

Moderadora: Ana Claudia Lemos (Diretora do CMS Renato Rocco)


12h00 – INTERVALO PARA ALMOÇO

13h30 – MESA REDONDA: VULNERABILIDADES, POTENCIALIDADES E PROPOSTAS PARA O JACAREZINHO.

Grupo de Trabalho Intersetorial

Moderadora: Candice Abreu de Moraes (CAPS-ad Raul Seixas)

14h30 – ABERTURA PARA DEBATE

Moderação e Apresentação das Propostas Finais: Candice Abreu e Ricardo Ramos


17:00 ENCERRAMENTO

Comissão Organizadora:

Cláudia Nastari, Edson Borga e Jeanne Carvalho (CAP 3.2).
Candice Abreu e Juliana Caramore (CAPS-ad Raul Seixas).
Parcerias:

CMS Renato Rocco, CSF Anthídio Dias, Universidade Gama Filho, Conselho Distrital de Saúde da AP 3.2, CRJ Jacarezinho.

sexta-feira, novembro 25, 2011

I Fórum Ampliado de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas do Estado do Rio de Janeiro

Prezados(as) Senhores(as),

A Subsecretaria de Atenção à Saúde, através da Gerência de Saúde Mental/Superintendência de Atenção Básica, vem convidá-lo a participar do Fórum Ampliado de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas do Estado do Rio de Janeiro, com o tema: "Políticas públicas, redes de cuidado e intersetorialidades", que será realizado no próximo dia 1º de dezembro de 2011, no auditório do Ministério da Saúde, Rua México, 128, 10º andar, ás 9hs - Centro, Rio de Janeiro.

Encaminhamos a programação em anexo e solicitamos sua divulgação entre os profissionais e parceiros e trabalho, nesta consta a participação de:

  • Dr. Edmar Oliveira (MS) – “... no processo de desinstitucionalização e nos desafios junto aos Serviços Residenciais Terapêuticos”;
  • Dr. Antônio Lancetti (SP) – “... nas ações de cuidado ao uso de álcool e outras drogas”;
  • Dra. Kátia Wainstok Santos (SES/RJ) “... na área da infância e adolescência”;
Contamos com sua presença.

Grande abraço,

Ingrid Jann
Gerente de Saúde Mental
Superintendência de Atenção Básica
Subsecretaria de Atenção a Saúde
Secretaria de Estado de Saúde - SES/RJ

domingo, novembro 20, 2011

Saúde e Cidadania em Bangu

Ontem (19/11) foi realizado na Lona Cultural Hermeto Pascoal em Bangu o  evento "Sonhar não custa nada" - Tire o pé do chão.
Esta foi uma ótima ação de cidadania promovida pela CAP 5.1, e realizada com sucesso pelo CAPS Lima Barreto (CAPS Bangu).
O evento contou com a presença de 200 pessoas, entre usuários de saúde mental, familiares, profissionais de saúde e alunos de universidades.
A equipe técnica do CAPS trabalhou durante vários meses, organizando a atividade que reuniu no palco da lona cultural, usuários de saúde mental que estiveram internados por longos anos em hospitais psiquiátricos, sem perspectiva de vida, pois estavam abandonados, e que hoje podem ter voz, cantar, representar, viver...
Tive a oportunidade de ter contato com pessoas, cidadãos que exerceram seus direitos a escolhas, sem a necessidade de uma droga (medicamento), pois o remédio era a alegria, a música, a dança, a diversão.

Algumas famílias não acreditavam que seus filhos, sobrinhos, netos, podiam se apresentar para uma platéia, pois a "patologia" impedia a manifestação de sentimentos e desejos.
Então
eles sonharam, deliraram e alucinaram tanto, que conseguiram realizar um excelente e emocionante show de variedades, superando os preconceitos que os usuários de saúde mental sofrem.

Parabéns à CAP 5.1!
Parabéns aos usuários, familiares e equipe técnica do CAPS Lima Barreto!

Sábado (19/11), assisti um excelente exemplo de como promover saúde e cidadania.

Alexander Ramalho
Gerente de Atenção Psicossocial
SMSDC/SUBPAV/SAP/CSM

CINEMA E SAÚDE


A edição de novembro do encontro Em Cine – Ciclo de Debates apresenta o longametragem O Bicho de Sete Cabeças, Laís Bodanzky, nesta quiarta-feira, 23 de novembro. Após a exibição do filme, o debate do tema Loucura, Espaços de Exclusão e Violência Social será mediado pelo pesquisador Ademir Pacelli Ferreira, diretor do Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O encontro acontece de 17h30 às 20h30, na UERJ – Bloco D, sala 10.030. As inscrições devem ser feitas no local. Informações pelo telefone (21) 2334-0872 ou pelo email proadol@uerj.br.

terça-feira, novembro 15, 2011

História das Conferências de Saúde

As Conferências de Saúde se iniciaram há 76 anos, cumprindo o disposto no parágrafo único do artigo 90 da Lei n.º 378, de 13 de janeiro de 1937. A obrigatoriedade da realização das Conferências de Saúde foi mantida, em 1990, quando a Lei n.º 8.142 as consagrou como instâncias colegiadas de representantes dos vários segmentos sociais, com a missão de avaliar e propor diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis municipais, estaduais e nacional.
1ª CNS (1941) - Situação sanitária e assistencial dos estados. Relatório final
2ª CNS (1950) - Legislação referente à higiene e à segurança do trabalho.
3ª CNS (1963) - Descentralização na área de Saúde. Relatório final
4ª CNS (1967) - Recursos humanos para as atividades em saúde.
5ª CNS (1975) - I. Implementação do Sistema Nacional de Saúde; II. Programa de Saúde Materno-Infantil; III. Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica; IV. Programa de Controle das Grandes Endemias; e V. Programa de Extensão das Ações de Saúde às Populações Rurais.Relatório final
6ª CNS (1977) - I. Situação atual do controle das grandes endemias; II. Operacionalização dos novos diplomas legais básicos aprovados pelo governo federal em matéria de saúde; III. Interiorização dos serviços de saúde; e IV. Política Nacional de Saúde.Relatório final 
7ª CNS (1980) - Extensão das ações de saúde por meio dos serviços básicos.Relatório final
8ª CNS (1986) - I. Saúde como Direito; II. Reformulação do Sistema Nacional de Saúde; e III. Financiamento Setorial.Relatório final
9ª CNS (1992) - Municipalização é o caminho.Relatório final
10ª CNS (1996) I. - Saúde, cidadania e políticas públicas; II. Gestão e organização dos serviços de saúde; III. Controle social na saúde; IV. Financiamento da saúde; V. Recursos humanos para a saúde; e VI. Atenção integral à saúde.Relatório final 
11ª CNS (2000) - Efetivando o SUS: acesso, qualidade e humanização na atenção à saúde com controle social.Relatório final 
12ª CNS (2003) - Saúde: um direito de todos e um dever do Estado. A saúde que temos, o SUS que queremos.Relatório final
13ª CNS (2007) - Saúde e Qualidade de Vida: Política de Estado e Desenvolvimento. Relatório final

sábado, novembro 12, 2011

Recolhimento Compulsório

INSCRIÇÕES GRATUITAS NO LINK:

Seminário Reforma Psiquiátrica Brasileira: 10 anos da Lei 10.216




Nos dias 17 e 18 de novembro de 2011,  a ENSP e o IPUB  estarão promovendo o seminário Reforma Psiquiátrica Brasileira: 10 anos da Lei 10.216, quando será lançado tambem um numero especial da Revista Ciência e Saúde Coletiva. O objetivo é discutirmos os avanços e desafios que a assistência psiquiátrica brasileira enfrenta hoje, passados 10 anos da aprovação da Lei. Estarão presentes muitos dos principais atores deste processo nos ultimos vinte anos, incluindo gestores, profissionais, familiares e usuários. Na quinta às 19 horas teremos uma conferencia do Deputado Paulo Delgado e na sexta-feira, ao longo do dia, debates que incluirão a discussão referente a politica de atenção ao alcool e outras drogas, bem como uma exposição do atual coordenador de saude mental do MS, Dr.Roberto Tykanori, seguida de debate. Contamos com a presença de todos. No entanto, como nosso espaço é limitado, encerraremos as inscrições ao atingirmos 200 inscritos. As inscrições podem ser feitas no portal do IPUB.

domingo, novembro 06, 2011

CENTRO DE CONVIVÊNCIA PEDRA BANCA

JÁ ESTÁ EM FUNCIONAMENTO NA AP 4.0, O PRIMEIRO CENTRO DE CONVIVÊNCIA DA SMSDC.

As oficinas são gratuitas e sem restrição de faixa etária.
As inscrições são feitas na secretaria do centro de convivência
Endereço: Estrada Rodrigues Caldas 3400 - Taquara 
Colônia Juliano Moreira ao lado do Caps Arthur Bispo do Rosário


A Associação Mundial de Reabilitação Psicossocial reune há mais de 20 anos pessoas e experiências que modificam praticas, serviços e políticas rumo ao bom tratamento, à inclusão social, à cidadania dos que sofrem com transtornos mentais e uso nocivo de substâncias.
O Congresso irá ocorrer em Milão - Itália de 10-13 de Novembro de 2012.

terça-feira, novembro 01, 2011